A Allianz e o seu compromisso na sustentabilidade do planeta

Queremos, mais do que nunca, reforçar o nosso compromisso com a Sustentabilidade. Esta é uma preocupação constante e presente em tudo o que fazemos. É agora que temos de agir e a escolha está nas nossas mãos. Ou até mesmo, na nossa pegada de carbono.

De facto os 0,5º C referidos na imagem acima podem não fazer diferença no nosso dia-a-dia, mas fazem toda a diferença quando falamos de aquecimento global. Dedique uns minutos para refletir sobre isso.

Os números falam por si e exigem acções efectivas no presente para reduzirmos ao máximo os impactos no futuro. Por esta razão, a sustentabilidade é para a Allianz Portugal um compromisso muito sério, entendida como um eixo fundamental na estratégia de negócio, a nível económico, social e ambiental.

O Grupo Allianz foi das primeiras companhias de seguros a estabelecer metas climáticas de longo prazo, vinculadas ao objetivo de manter o aquecimento global abaixo dos 2 graus centígrados, presente no Acordo Climático de Paris.

Recordamos as principais medidas adotadas pelo Grupo para fazermos a diferença e darmos o nosso contributo para este objetivo global:

  • Até 2040, num processo gradual, a Allianz comprometeu-se a excluir os seguros de bens e propriedades e investimentos particulares associados ao carvão.
  • Redução das emissões de carbono em 30%, por colaborador, até 2020, em comparação com os valores registados sem 2010.
  • Adesão à RE100, uma iniciativa global liderada pelo The Climate Group, que reúne atualmente 176 empresas comprometidas à utilização de energia elétrica 100% procedente de fontes renováveis, até 2023.
  • Investimentos em projectos e negócios sustentáveis. Só em Portugal, a Allianz Capital Partners investiu em dois projetos de energia solar. Em Outubro de 2018, adquiriu a Ourika, a primeira central solar fotovoltaica em Ourique. Passado dois meses, adquiriu a segunda central fotovoltaica Solara, em Alcoutim, no distrito de Faro. O Grupo Allianz já investiu mais de 5,6 mil milhões de euros em energias renováveis, construiu 81 parques eólicos e 7 parques solares na Europa e nos Estados Unidos.

Os exemplos acima são os primeiros grandes passos para darmos vida a esta preocupação. Mas há muitos outros, até de menor dimensão, que contribuem de forma não menos importante para fazermos a diferença.

Assumimos que esta é uma preocupação constante e presente em tudo o que fazemos. Estamos a falar de uma consciência global e não basta que cada um de nós, enquanto pessoa, faça a sua parte. Temos de agir globalmente e de viver de acordo com esta atitude, e enquanto empresa é essencial assumirmos um posicionamento responsável, com medidas sérias e reais, que concretizem esta postura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *