A sustentabilidade é um compromisso muito sério para a Allianz

Quantas vezes não pensamos numa companhia de seguros como aquela entidade a quem temos de pagar uma determinada quantia anualmente? E nem sequer queremos imaginar a proteção que ela nos confere porque isso quase sempre significa que algo correu menos bem nas nossas vidas.

 

Mas isto é uma visão muito parcial de uma companhia como a Allianz, com 128 anos de história, presente em mais de 70 países e com mais de 92 milhões de Clientes espalhados pelo mundo.

Sabia que o Grupo Allianz efetuou donativos no valor de 25,8 milhões de euros, em 2018? Trata-se de uma evolução superior a 25% face a 2017 (20 milhões de euros) e um dos dados que consta do nosso Relatório de Sustentabilidade 2018.

Se conseguimos conquistar e manter tantos Clientes – na área de seguros ou na gestão de ativos – em bem mais do que um século de existência é porque a sustentabilidade não nos é estranha. Os nossos Clientes sabem que podem confiar em nós porque sabem que o seu dinheiro e os seus bens estão em boas mãos.

No Relatório de Sustentabilidade de 2018 ficamos também a saber que a terceira edição do Allianz World Run angariou 300.000 euros para as Aldeias SOS Crianças. Neste caso, recorremos aos nossos mais de 142.300 Colaboradores espalhados pelo mundo. O número de km que esses colaboradores correm determina o montante do donativo. Resultado: nos últimos três anos, contribuímos com 1,4 milhões de euros para as Aldeias SOS Crianças graças à participação de aproximadamente 10.000 corredores.

Dispomos de um Fundo de Inovação Social e de um Prémio Allianz de Gerações Futuras. Desde 2017, o nosso Fundo de Inovação Social investiu quase 400.000 euros em 14 países para apoiar a educação, formação e empregabilidade das crianças e dos jovens. Mais uma vez, contamos com o apoio dos nossos Colaboradores. Lançámos um Programa de Mentores que, por exemplo, ajuda jovens a preparar uma candidatura de emprego.

Em 2018, obtivemos 1,56 mil milhões de euros de receitas geradas por soluções sustentáveis e, na nossa carteira de Clientes, 43,8 milhões situam-se em mercados emergentes.

Aplicámos 5,4 mil milhões de euros em investimentos sustentáveis que originaram um total de 25,1 mil milhões de euros de investimento. Lançámos um compromisso sistemático social e ambiental e de boa governança com 12 empresas.

Reforçámos as restrições aos modelos de negócio baseados no carvão e, a este nível, introduzimos um plano de acção a longo prazo até 2040. Estamos a trabalhar para que, até 2023, 100% da energia que consumimos seja fornecida por fontes renováveis (aderimos ao RE100) e queremos que todos os nossos bens sejam ambientalmente neutros até 2050. Entretanto, já registámos uma redução de 27% nas emissões de CO₂, por colaborador, desde 2010.

No ano que passou, no Net Promoter Score, 74% dos segmentos de negócio do Grupo Allianz foram pontuados acima da média do mercado ou em posição de líder de fidelização. Adotámos o Padrão de Privacidade da Allianz que reflete os requisitos do RGPD e 562 dos nossos fornecedores aderiram ao nosso Código de Conduta de Fornecedores.

Os nossos Colaboradores também não foram esquecidos. Registámos uma pontuação de 71% no nosso Index Inclusivo de Meritocracia; ou seja, um aumento face aos 68% registados em 2015. 38% dos gestores da Allianz nas nossas principais áreas de negócio são mulheres e lançámos uma Employee Share Purchase para cerca de 80% dos nossos Colaboradores.

Tudo somado, não admira que a nossa Responsabilidade Social Corporativa seja reconhecida ao mais alto nível. Nos anos de 2017 e 2018, o Índex de Sustentabilidade do Dow Jones colocou-nos como líderes no nosso ramo de atividade.

Saiba tudo o que andamos a fazer, ainda com mais detalhe – consulte o Relatório de Sustentabilidade 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *