Ainda há muito a fazer pela segurança e saúde no trabalho

Atualmente, trabalha-se em qualquer lugar e a qualquer hora. Mas nenhum trabalho pode retirar-lhe a sua segurança, saúde, bem-estar ou mesmo a vida.
Sabia que, por dia, em todo o mundo, morrem 7500 pessoas devido a ambientes de trabalho inseguros? São 5 a 7% das mortes globais. Deste número, 6500 mortes devem-se a doenças relacionadas com o trabalho e 1000 a acidentes de trabalho. Por dia, registam-se ainda cerca de um milhão de feridos devido a acidentes de trabalho.

A incidência deste flagelo é desigual a nível planetário. Por cada 100 mil trabalhadores, as fatalidades no trabalho são 4 a 5 vezes mais altas em África e na Ásia do que na Europa.

Esta realidade tem um enorme impacto, desde logo nos trabalhadores e nas suas famílias, a nível económico, físico e emocional. Mas também nas empresas e na produtividade.

Durante um século, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) tem cooperado com governos, empregadores e trabalhadores para a criação de um ambiente de trabalho mais seguro e saudável em todos os recantos do mundo. Desde 1919, foram adotadas mais de 40 convenções da OIT sobre saúde e segurança ocupacionais.

O Dia Mundial para a Segurança e Saúde no Trabalho, que se celebra a 28 de abril, foca-se, este ano, na chamada de atenção internacional para a necessidade de evitar mortes, ferimentos e doenças causadas pelo trabalho.

Este dia será apenas o início dos eventos e atividades mundiais, que vão continuar durante o resto do ano, em torno do tema da segurança e saúde e do futuro do trabalho, celebrando ainda um século de vida da OIT, ao mesmo tempo que se alicerça o futuro com base na riqueza de conhecimento e ação acumuladas ao longo de 100 anos por esta organização.

O mundo do trabalho está a passar por profundas mudanças, nomeadamente devido ao efeito transformador das novas tecnologias, às alterações demográficas e climáticas e à transição para a economia verde. Mudanças que implicam novos desafios e oportunidades para a segurança e saúde dos trabalhadores do mundo.

Mais do que nunca, a OIT pretende alargar as suas parcerias com o objetivo de criar condições de trabalho mais saudáveis e seguras para todos. Embora o caminho a seguir apresente muitos novos desafios, é importante que os governos, os empregadores e os trabalhadores, bem como outras partes interessadas, aproveitem as oportunidades para criar um futuro de trabalho seguro e saudável para todos.

Da parte da Allianz, tentamos responder da melhor forma a desafios atuais e futuros, através do nosso Seguro de Acidentes de Trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *