Festas e Romarias de Agosto que ainda podes aproveitar

Já estamos na segunda quinzena de Agosto e parece que o mês mais esperado do ano está quase a terminar. O “Querido Mês de Agosto” brinda-nos sempre com muitas festas tradicionais, celebrações religiosas e romarias, e são muitos aqueles que voltam às terras de origem para estar com familiares e amigos, e também dar um passinho de dança nos bailes populares. Fica a conhecer algumas festas que decorrem até ao final deste mês:

Norte

Romaria e Peregrinação à Senhora do Faro, Valença, até 15 de agosto: a cidade de Valença celebra a Assunção de Nossa Senhora, numa das maiores romarias do Minho, com milhares de pessoas a fazer a peregrinação.

Festa de Nossa Senhora da Agonia, Viana do Castelo, 20 a 23 de agosto: esta é a festa oficial em homenagem à padroeira de Viana do Castelo, invocada pelos pescadores para que o mar lhes seja mais favorável. Há arraiais, concertos, folclore, cortejos e os já tradicionais gigantones.

Romaria a São Bartolomeu do Mar, Esposende, 24 de agosto: A tradição remonta ao século XVI e consiste em dar voltas à igreja com um pinto preto ao colo, passar por baixo do andor e depois ir à praia furar ondas em número impar, o banho santo. Reza a lenda que afastava as crianças de doenças como a gaguez e a epilepsia.

Romarias de Nossa Senhora da Assunção, Vila Flor, Torre de Moncorvo, 15 de agosto: trata-se da maior romaria da região. O andor de Nossa Senhora da Assunção é carregado por cerca de 50 pessoas e acompanhado por bandas, centenas de peregrinos e milhares de visitantes.

Festa de Nossa Senhora das Graças, Bragança, até 22 de agosto: há festa no castelo. Música, comida, procissões e um espetáculo musical com fogo são os principais atrativos desta homenagem à padroeira da cidade de Bragança.

Centro

Festa da Nossa Senhora da Saúde, Fermentelos, até 16 de agosto: a festa religiosa consta de vários exercícios espirituais, a novena. Principal destaque para o dia 15, com a tradicional procissão e despique entre duas bandas de música.

Feira de São Mateus, Viseu, 12 de agosto a 21 de Setembro: esta feira realiza-se desde 1392. Antigamente tratava-se de um encontro de pessoas, compra e venda de produtos. Hoje em dia há música, folclore, arte e gastronomia.

Festa de Nossa Senhora dos Remédios, Lamego, 24 de agosto a 9 de Setembro: Lamego é o único local do mundo católico onde se pode ver uma imagem da Virgem levada por animais – é transportada por um carro engalanado puxado por juntas de bois. Esta festa também inclui uma marcha luminosa onde desfilam carros alegóricos e uma batalha de flores.

Sul

Festas do Mar, Cascais, 18 a 27 de agosto: esta festa, em homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes tem, para além da tradicional procissão, um enorme festival de verão, com grandes concertos de DAMA, Capitão Fausto, HMB, Tiago Bettercourt & Carminho, Aurea, Miguel Araújo & António Zambujo, The Black Mamba e Rui Veloso.

Romaria de São Mamede, Janas, Sintra, 15 e 16 de agosto: trata-se de uma festa em volta do culto da deusa Diana. Os lavradores da região aparecem acompanhados pelo seu gado e dão três voltas à igreja e vão descansar. Mais tarde pagam as promessas e recebem fitas coloridas para enfeitar os animais.

Festa do Povo de Campo Maior, até 21 de agosto: as ruas da vila são decoradas com flores de papel feitas pela população – esta festa também é conhecida pela festa das flores de papel. Todos os dias há baile e uma feira de artesanato.

Feira de Agosto, Grândola, 24 a 28 de agosto: é considerada uma das maiores feiras do país, onde se pode assistir a concertos de Sérgio Godinho, Agir, Miguel Araújo, Matias Damásio e Resistência, assim como visitar a feira de produtos regionais e de artesanato.

Festa do banho 29, Lagos, 29 de agosto: ao longo do dia realizam-se várias atividades desportivas, animação musical e o evento principal que dá nome à festa – um banho efectuado por toda a gente, com trajes tradicionais, por volta da meia-noite, acompanhado de fogo de artificio.

Festa da Ria, Fuzeta, Olhão, de 18 a 24 de agosto: há diversão para todas as idades com concertos, bailes e gastronomia típica. Há também lugar para uma feira criativa, uma mostra de artesanato da região.

Feira Medieval de Silves, até 20 de agosto: esta feira quer mostrar a todos os visitantes como se vivia na capital do Al-Gharb. Elementos como a dança, música e poesia, assim como torneios a cavalo e manjares medievais, vão levar os visitantes a viajar no tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Excedeu o tempo limite. Por favor preencha o CAPTCHA de novo.