Não deixes que a Primavera seja sinónima de alergias, protege-te!

Durante esta semana de início de Primavera, os pólenes vão estar com níveis muito elevados em todas as regiões de Portugal Continental. Quem o diz é o Boletim Polínico da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), que todas as semanas, durante esta estação do ano, vai divulgar um relatório sobre o nível de pólenes no ar.

Neste momento, os pólenes predominantes em Portugal Continental dos pinheiros, plátanos, ciprestes, carvalhos e das ervas urtiga e parietária. Na região de Lisboa, os pólenes encontram-se em níveis muito elevados, e no Porto em níveis elevados.

Se sofres de alergias primaveris, não te limites a tomar anti-histamínicos. Mais vale prevenir e ir ao médico. É importante saberes a que tipo de pólen és alérgico, para planear um tratamento e reduzir os sintomas. Os próximos dias, que vão ser de chuva e tempo mais frio, são os melhores para se consultar um especialista. Na Rede de Saúde Allianz podes encontrar os melhores especialistas nesta área, que te vão ajudar a sentir mais confortável já nesta Primavera.

No entanto, há sempre truques a que podes aderir para tentares escapar o máximo possível a esta época, tão complicada para um terço dos portugueses que sofre de alergias:

  • É importante arejar a casa, mas na Primavera, devido aos pólenes, abre só a janela mais ao fim do dia, quando os níveis de polinização já são menores;
  • Se já estás com uma crise alérgica, afasta-te do ar-condicionado – vai piorar o desconforto;
  • Usa sempre óculos de sol, para que os teus olhos estejam protegidos contra os grãos microscópicos que circulam com o vento. Um chapéu com pala é também uma ajuda para que as partículas não entrem nos olhos nem se alojem no cabelo;
  • Não te aproximes de jardins, florestas e outros espaços verdes. Prefere praticar desporto em espaços fechados;
  • Quando entras em casa, descalça-te, tira o casaco, e deixa-os longe do quarto e dos espaços onde vais estar. Se puderes, coloca imediatamente as roupas que usaste fora de casa para lavar;
  • Toma banho no final do dia e lava também o cabelo. As partículas costumam alojar-se no couro cabeludo;
  • Troca de lençóis, fronhas e toalhas mais frequentemente. São locais propensos a ter pólenes e ácaros;
  • Consulta o boletim polínico antes de saíres de casa, para evitares expor-te em zonas muito polinizadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *