Como poupar no regresso às aulas

Faltam poucos dias para Setembro começar e com este mês começa também a loucura da compra dos livros e material escolar. Este processo pode ser doloroso para a carteira e conta bancária dos encarregados de educação, até porque os gastos podem não ficar por aí: muitas vezes Setembro também é o mês de comprar roupa nova, calçado, equipamento desportivo e pagar as inscrições nas atividades extracurriculares.

Para que Setembro possa ser um mês um pouco menos aflitivo, deixamos algumas dicas úteis para poupares no regresso às aulas:

  • Faz listas e inventários de tudo o que é necessário: cada criança uma lista – é assim que se deve começar. Enumera tudo o que é preciso para o começo do ano letivo, desde roupa, calçado e material escolar. Para isso é preciso também fazer um inventário de cada uma destas coisas, por isso deves ver o que pode ser reutilizável de um ano para o outro (se a roupa ainda serve, se os lápis ainda podem ser usados, etc.). Este tipo de listas e inventários permite evitar compras impulsivas e ultrapassar o orçamento;
  • Quanto mais cedo comprares melhor: os preços ficam mais elevados ao aproximar-se a data de início das aulas. Aproveita os saldos de verão para comprar roupa e calçado, principalmente os básicos e os casacos de inverno. Uma boa ideia é também ir aos outlets;
  • Livros em segunda mão: como os livros escolares não são renovados todos os anos, é possível que algum familiar ou amigo tenha um exemplar dos livros que os teus filhos precisam. Faz essa pesquisa no teu grupo de conhecidos e, caso não encontres, há empresas como a Book In Loop que têm livros usados, como novos, muito mais baratos;
  • Analisa todas as promoções: com tantos supermercados, lojas de material escolar e livrarias que temos ao nosso dispor, é muito fácil fazer comparações de preços e ir em busca das melhores promoções. Guarda todos os folhetos, faz pesquisas na internet e faz cabazes com o necessário, para escolheres a loja mais barata perto de ti;
  • Prefere a qualidade ao preço mais barato: há coisas em que se deve investir mais dinheiro, já que são artigos que são para durar mais anos. Comprar uma boa mochila, lancheira, estojo, tesoura e compasso é um bom investimento, se forem realmente de qualidade podem durar anos e ainda passar de irmão para irmão;
  • Estabelecer um plafond com cada filho: se tiveres filhos mais velhos, onde já é difícil não ser guiado pelos gostos de cada um, estabelece um limite para ser gasto em material escolar. Se uma criança quiser uma mochila mais cara, sabe que vai ter de ter umas canetas de uma marca mais barata, por exemplo;
  • Pedir fatura, sempre: é muito importante não te esqueceres de pedir fatura para deduzir os gastos no IRS. O fisco permite que as famílias deduzam 30% das despesas realizadas em educação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Excedeu o tempo limite. Por favor preencha o CAPTCHA de novo.