Quantas vezes devemos visitar o médico por ano?

Todos sabemos que devemos visitar o médico regularmente, para fazer exames de rotina e termos a certeza que está tudo bem. É verdade que nem toda a gente gosta de ir ao médico e outras pessoas até vão vezes demais, mas fique a saber que na verdade existem certas alturas vida em que devemos ir mais vezes ao médico.

Bebés e Crianças: Os bebés devem de ser levados ao médico na sua segunda semana de vida, ou seja, na semana a seguir a terem alta hospitalar. Depois, nos 2 meses seguintes, uma vez por mês. No quarto mês também deve ser feita uma nova consulta, assim como aos 6 meses, aos 9 e ainda aos 12 meses. Quando o bebé completar um ano de vida, deve voltar a ser visto aos 15 e 18 meses. Mais tarde, deve voltar a visitar o médico e fazer novas consultas aos 2 e 3 anos. Crianças com 5 anos devem ser vistas pelo médico, em média, uma vez por ano. Mas caso a criança sofra de algum tipo de doença, o tempo de intervalo deve ser menor. Deve-se sempre estar atento a algum tipo de alteração na criança – nunca hesite, caso note alguma alteração suspeita, mesmo que pequena, deve consultar um médico. Quanto à saúde oral, o médico de clínica geral irá controlar o crescimento e o desenvolvimento dentário. Irá dar conselhos sobre o desenvolvimento dentário da criança, informar sobre a importância do uso do flúor, como manter uma boa higiene oral e ainda como lidar com os hábitos orais da criança, nutrição e dieta. A Direção-Geral de Saúde aconselha ainda uma consulta com um especialista de saúde oral aos quatro anos. Já aos 5 anos é recomendado um exame global. Aos 6 ou 7 anos deve dirigir-se com a criança a um médico, para uma nova consulta, tal como aos 8.

Jovens: A partir dos 10 anos inicia-se a adolescência. Nesta altura o jovem deve consultar um médico que vai consultar o estado da saúde geral. De seguida, entre os 12 e 13 anos, é recomendado um novo exame global de saúde. Mais tarde, entre os 15 e 18 anos é essencial uma nova consulta. Estas idades-chave não necessitam obrigatoriamente de serem cumpridas à risca, mas sim servir de guia, ou seja, pode ir um pouco antes ou um pouco depois da idade aqui sugerida, os exames serão adequados ao perfil de cada jovem. Estas sugestões são bastante importantes, mas caso exista algum caso especial, nomeadamente uma doença específica, o jovem deve visitar o médico com mais regularidade.

Adultos: Os adultos, todos os anos, devem fazer análises. É aconselhável fazer exames à audição e visão aos 40 e 50 anos. A pressão arterial deve ser medida com alguma regularidade. Convém ainda fazer alguns exames de rastreio regularmente como: rastreio do cancro do colo do útero – realização do Teste de Papanicolau, com idades entre os 20 e os 30 anos. A citologia cervical deve ser feita a cada 3 anos; Rastreio do cancro da mama, de 2 em 2 anos, nas mulheres com idades entre os 50 e 69 anos; Rastreio do cancro colorretal nas pessoas com idades entre os 50 e 74 anos; e ainda a colonoscopia, que deve ser repetida a cada 10 anos.

Gravidez: Já as grávidas devem procurar um obstetra o mais cedo possível. O médico fará uma análise geral e solicitará os exames que é necessário fazer. Nos primeiros 3 meses, a primeira consulta deve acontecer à 8ª semana e de novo na 12ª. No segundo trimestre, deve fazer três consultas – na 16ª, na 20ª e ainda na 24ª semana. No terceiro trimestre, deve ser observada por um especialista na 28ª semana, e depois na 32ª e 36ª semana. Antes do parto é ainda vista na 38ª e 40ª semana.

Idosos: A partir dos 65 anos, a visita ao médico deve ser feita regularmente. Caso a pessoa seja saudável e tenha saúde, a maior parte dos exames podem ser feitos de ano a ano. Mas se a saúde do idoso for debilitada, os exames devem ser feitos periodicamente, de acordo com as indicações do médico.

Com o Allianz Saúde, um seguro completo e que permite incluir todos os elementos da família de todas as idades, tem acesso aos melhores cuidados médicos, numa rede de prestadores a preços exclusivos. Também tem acesso a médico ao domicilio sempre que precisar e até uma consulta médica online disponível 24 horas, que lhe pode passar uma receita médica caso seja necessário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *