Saber ler os rótulos dos alimentos: um passo essencial para ser mais saudável!

Os rótulos dos alimentos contêm um conjunto de elementos identificativos do produto alimentar: a sua constituição e outras características, como o prazo de validade. Há ainda outros elementos de caráter obrigatório, mas nem todos interessam a um simples consumidor. Quando vais ao supermercado e precisas de comprar alimentos, é para a lista dos ingredientes e para a tabela nutricional que deves olhar em primeiro lugar.

Uma leitura adequada dos rótulos dos alimentos, no momento da compra, é útil à realização de escolhas seguras e mais saudáveis. A lista de ingredientes apresenta todos os elementos utilizados na produção do alimento. Os elementos são apresentados por ordem decrescente de quantidade utilizada, ou seja, os primeiros da lista são os que estão em maior quantidade. Este é o primeiro truque a ter em conta quando compramos algum alimento. Mas vamos-te apresentar outros:

  • Pensa duas vezes em comprar produtos em que o primeiro ingrediente seja açúcar, sal ou alguma gordura. Uma má notícia: o açúcar costuma vir camuflado com vários nomes – qualquer elemento que acabe em ‘ose’ é um açúcar. Toma atenção a estes ingredientes: sacarose, glicose, maltose, frutose, dextrose e todos os xaropes, incluindo mel;
  • O sal também pode vir “mascarado” com outros nomes. Os mais comuns são os nomes acabados em sódio ou sódico, mas também há o glutamato;
  • Ler a letra E num rótulo de um alimento é sinónimo de aditivo, ou seja, algo que está a mais em relação ao alimento na sua forma natural. Nem todos os E’s são maus mas o melhor é sempre optar por produtos o mais naturais possível. No entanto, os E’s considerados prejudiciais à saúde são classificados como:
    • Nitratos – E249 a E252
    • Sulfitos – E220 a E288
    • Galactos – E310 a E312
    • Eritosina – E127
    • Butil-hidroxianisolo e Butil-hidroxitolueno – E320 e E321
  • Gorduras saturadas são algo que nem queremos ouvir falar quando estamos em dieta. Este ingrediente deve estar presente numa quantidade inferior a 50%, em comparação com o total de gordura (lípidos);
  • Tem atenção às porções: não te deixes enganar pela informação nutricional por porção. Compara sempre o valor nutricional por cada 100 gramas.
  • Foge dos produtos alimentares light ou sem gorduras. Geralmente tem mais açúcar e/ou sal adicionados que a versão normal do produto, apesar de ter menos calorias. Não te deixes enganar.

Compara sempre os produtos e faz uma escolha informada e consciente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *